Sustentabilidade » Qualidade e Segurança Alimentar » Certificações das marcas representadas

CERTIFICAÇÕES DAS MARCAS REPRESENTADAS

O JMD orgulha-se de representar marcas que comercializam produtos de alta qualidade, e cujo fabrico é diariamente controlado de forma a assegurar ao consumidor português elevados padrões de qualidade e segurança alimentar de uma forma consistente e irrepreensível. Uma das provas deste nível de qualidade das suas representadas reside nos inúmeros certificados que lhes são atribuídos por entidades externas por cumprirem requisitos de normas de produção, gestão e embalagem estabelecidos a nível internacional.

 

 

 

  • ISO 9001: Certifica Sistemas de Gestão de Qualidade que demonstrem a capacidade de oferecer aos consumidores produtos que satisfazem as suas necessidades de forma consistente e a preocupação constante em maximizar o seu nível de satisfação, ao mesmo tempo que têm em vista os requisitos estatutários e regulatórios aplicáveis a cada caso. Engloba diversos requisitos, entre os quais:
  • Existência de uma política de Qualidade definida formalmente e aplicada a toda a organização;
  • Constante avaliação desta política de Qualidade, para monitorizar a sua performance e eficácia;
  • Existência de sistemas definidos para lidar com falhas nos processos de desenvolvimento e comercialização dos produtos.
  • ISO 14001: Certifica Sistemas de Gestão para a Qualidade Ambiental, especificando os requisitos e normas ambientais a que a empresa deve aderir e ajudando-a assim a definir uma política ambiental sustentável e estruturada.
  • ISO 22000: Certifica Sistemas de Gestão para a Qualidade Alimentar. As organizações certificadas demonstram a capacidade de controlar problemas de segurança nos bens alimentares que produzem e comercializam com sucesso e de forma consistente, garantindo assim que são seguros para consumo humano.
  • OHSAS 18001: Diz respeito à implementação de Sistemas de Segurança e Saúde do Trabalho. Certifica empresas que apresentem um processo formal para reduzir os riscos ligados a questões de segurança e saúde que possam afectar os empregados da empresa, os seus clientes ou qualquer outro grupo de stakeholders.
  • BRC Global Standard for Food Safety: Certifica Sistemas de Gestão para a Qualidade Alimentar. Esta norma abrange um conjunto extenso de áreas ligados à segurança dos produtos, bem como as responsabilidades legais do fornecedor e distribuidor.
  • International Food Standard: Este é um certificado de processos e produtos. Certifica apenas empresas que se dedicam ao processamento e/ou embalagem de bens alimentares comercializados tanto no retalho como no grosso. Engloba 250 requisitos, divididos em cinco secções que se dedicam aos seguintes aspectos:
    • Responsabilidade do corpo de Gestão, incluindo a sua estrutura, política corporativa e importância dada ao consumidor;
    • Sistema de Gestão de Qualidade;
    • Gestão de Recursos, incluindo questões de higiene, formação e instalações corporativas;
    • Processo produtivo, incluindo especificações de cada produto, compra de materiais e embalagem dos produtos;
    • Monitorização, análises e melhorias dos processos, incluindo acções correctivas, auditorias internas e análises de produtos.
  • IPAC: Certificação para produção de produtos de origem biológica.
  • HACCP: Certifica o cumprimento das normas de segurança alimentar estabelecidas tanto a nível nacional como internacional.
  • Kosher Certificate: Certifica que os produtos da marca em questão estão de acordo com as regras de alimentação judaicas, que excluem alimentos como carne de animais não ruminantes, leite e ovos.
  • BRC Global Standards: are a leading global safety and quality certification programme, used throughout the world by over 17,000 certificated suppliers in 90 countries through a network of over 80 accredited and BRC recognised Certification Bodies. The BRC Global Standards are widely used by suppliers and global retailers. They facilitate standardization of quality, safety, operational criteria and manufacturers’ fulfillment of legal obligations. They also help provide protection to the consumer.